quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Capítulo 36: Previsões Interpretadas

Elizabeth e Vovó já estavam dormindo, elas vão pra cama bem mais cedo que eu e Michael, então ficamos conversando na sala, eu estava deitada com a cabeça em se colo.
Fiquei ali observando-o mas ele não olhava pra mim, parecia nem ter notado que eu o observava com atenção, como se estivesse muito concentrado em algo que estivesse pensando. E fiquei realmente curiosa, pois, deixava transparecer alguma emoção em seu rosto. 
Ás vezes, era como se uma nuvem escura fizesse sombra sobre ele, seu olhar contorcido de dor se apertava e parecia distante, mas não demorava muito pra que sua expressão se suavisasse, mas não por alegria, mas como se estivesse se contentando com algo que não tinha escolha.
Levantei a cabeça de seu colo e me sentei virada pra ele, agora ele fitava o chão.
"No que está pensando? Acho que sou muito curiosa não é?" - perguntei demonstrando minha preocupação.
Ele me observou e sorriu como se risse de uma piada que tivesse contado para ele mesmo:
"Eu não diria que você é muito curiosa, eu diria que é extremamente observadora, e que quer estar atenta a tudo que se passa a sua volta."
"Não vai me dizer no que estava pensando não é?" - insisti.
"Não importa, na verdade eu nem deveria estar ocupado pensando em coisas ruins, então vamos esquecer."
Ele puxou a manga do casaco e me mostrou o corte feito pela faca de Jhon aquele dia no aeroporto:
"Lembra disso?"
"Cláro que sim, mas me traz lembranças ruins..." - desviei o olhar.
Ele ajeitou o casaco:
"Bom, esse corte não me lembra apenas coisas ruins, você me beijou aquele dia, está lembrada?"
Corei, então comecei a olhar pro chão na tentativa quase inútil de esconder meu rosto:
"Sim, me lembro muito bem."
"Eu estava pensando, não agora, mas em outra hora, que foi preciso apenas dias pra me apaixonar por você, foi muito rápido. Eu acho que isso já era certo, quer dizer, quando te conheci, parecia que eu já te conhecia há muito tempo, o que é impossível pois passou a vida inteira em um orfanato..."
"Está dizendo que há a possibilidade de que a gente já se conhecia em...hã, vidas passadas?" - foi o que eu consegui interpretar de tudo aquilo.
Ele jogou a cabeça para trás e deu risada:
"Não, eu quero dizer que, o destino já havia determinado que eu e você iríamos ficar juntos, que é uma coisa certa, uma coisa que devia e iria acontecer, entende?" - ele explicou
Assenti com a cabeça.
"Você sente a mesma coisa?" - ele perguntou me pegando de surpresa.
"O que?"
"Quando eu te vejo feliz, quando vejo você sorrir, é a coisa mais importante pra mim, eu fico tão feliz que sou capaz de esquecer tudo, não importa onde você estiver, com quem estiver, se você está feliz, tudo bem pra, mim...Eu não sentia isso pela..."
"Minha amiga.'' - apressei-me a completar.
"Isso, sua amiga, eu gostava dela, mas eu não a amava do jeito que te amo, eu sei que você é a pessoa certa e ela não, nós já iríamos nos separar de um jeito ou de outro, pois ela não era com quem eu deveria mesmo ficar, mas você, nunca namorou ninguém, como sabe que sou o certo, do jeito que você diz?"
Seus olhos se apertaram um pouco e ele franziu o cenho ligeiramente, me olhava com atenção, prestando atenção em cada detalhe, cada expressão minha.
"Michael, está imaginando que algum dia pensarei que você não é certo pra mim, e que terminarei com você?" - perguntei delicadamente.
"Eu não consigo disfarçar nada não é?"
"Ah Michael, quando o amor é de verdade, a gente tem certeza, não temos dúvidas, eu te amo de verdade, e sei que você me ama desse jeito também..."
"Que bom..." - ele demonstrou alívio e me beijou - "Sua avó deve se divertir prevendo tudo isso..."
Me lembrei então do sonho que tive da pequena Emanuelle, que eu desconfiava que pudesse ser uma previsão do futuro que precisasse ser interpretada:
"Michael, por falar em previsão, não sei se já contei a você mas tem um sonho que anda me incomodando a algum tempo..." - então contei tudo á ele.

7 comentários:

Cristian Ross disse...

Muito lindo *-*
que inspiração em!!!
auhsuahsuhuhsuha

nicoli dauzacher disse...

Oi! Estou seguindo teu blog já, amei! Parabéns!! Segue o meu também? http://garotaadolescenteestilosa.blogspot.com/ e tenho o outro pessoal também onde escrevo meus textos: http://nihdauzacher.blogspot.com/
Beijão, mais uma vez, parabéns pelo blog! Visita e segue o meu também!

Alinne disse...

nossa adoroo flor esse livro, noss fiquei triste d ter perdidos alguns, mais ja to lendo, adoreii esse, achei q ficou otimo e bem romantico!
Beeijo e bom FDs :)
flor desculpa pelo sumiço !

Nathália de Freitas disse...

Que lindo Quel!

Bjooo

Scene Uk disse...

lindo *--* http://scene-uk.blogspot.com

Amanda Z. disse...

como sempre, eu me encanto com seus textos! (:

Beijos.
http://diariodelooks.blogspot.com/

Cristian Ross disse...

Eu denovo
hsaushuahsuahus
tem msn sou do nadaalemdeumavida.blospot.com
deixa lá teu msn se kiser bjbj