terça-feira, 20 de julho de 2010

Capítulo 16: Perto do Perfeito...

Subi as escadas atrás de Vovó, ela cantarolava alguma música animada, mas não consegui distinguir a letra.
A escada terminava em um corredor, mais ou menos do tamanho de um cômodo normal, nele havia duas cadeiras de madeira almofadadas, havia também três vasos com flores muito bonitas, eu não sabia a espécie, e também uma mesinha de canto com um telefone sem fio em cima.
O corredor levava até um pequeno quadradinho onde haviam quatro portas fechadas, os quartos.
Vovó abriu a primeira porta e entrou, o quarto era grande, na parede da esquerda estava uma cama grande de casal, forrada com um lençol vermelho, na parede da direita, estava um guardaroupa com seis portas.
Na parede da porta, ficava uma cômoda e um espelho, e na parede da frente, haiva duas grandes janelas voltadas ao quintal.
Ela deixou as malas em cima da cama e sorriu para mim:
"Este é o meu quarto, encantador não? O decorador que contratei fez um ótimo trabalho."
Eu ainda parada na porta concordei:
"Sim é muito lindo! Contratou um decorador para decorar a casa Vovó?"
Ela deu risada:
"Sim, sim, mas nada muito caro...Queria apenas que nossa casa fosse do jeito que eu imaginava e desejava...Acho que consegui."
"A casa é linda, é muito bom saber que minha avó tem dinheiro suficiente para contratar um decorador!" - brinquei.
Ela saiu do quarto e fechou a porta, apontou então para a segunda porta, só apontou e não abriu:
"Este é o quarto do Michael."
Apontou para a terceira porta, novamente sem abri-la:
"Este é o quarto de Elizabeth, sua prima, ela é filha da irmã de sua mãe, Maria.Quer que eu a chame? Ela está dormindo."
"Não, não é necessário, deixe-a, não quero incomodar ninguém."
Vovó sorriu e abriu a quarta porta:
"Este é o seu..."
O quarto era igual o de Vovó, mas em dimensões um pouco menores, as únicas diferenças, eram a cama de meu quarto era de solteiro, e as paredes eram lilázes e não beges como o quarto de Vovó.
Eu estava muito feliz, parecia que naquele instante tudo estava próximo do perfeito, abracei Vovó com toda a força:
"Obrigada, obrigada por tudo! Obrigada por ter ido atrás de mim lá no meu apartamento, obrigada pelo que está fazendo, por colocar minha vida no lugar, obrigada por me fazer sentir que eu sou amada..."
"Oh! O que é isso, você é minha neta, é o mínimo do mínimo que devo fazer.."
"Você não faz idéia do quanto isso é importante para mim!!"
"Que bom que é importante..Que bom!"

8 comentários:

Princesa Moderna! disse...

adooorei :D
beijos

Alinne disse...

nossa! gostei, ah obg pelo selinho adoreii :)
seguindo flor seu blog..
Ah feliz Dia do Amigo!!
Beeijo

Alinne disse...

ah não liga não caso voc não ver o selinho la no blog, eu demoro um pouco pra postar,

quesyyah disse...

Amo ler seus textos... me fazem refletir e ver o mundo de um jeito diferente, perto do perfeito! bjo*

http://garotasing.blogspot.com/

мαясєllα Ϟ disse...

Oi, vim pedir um favor =)
vota na minha enrevista?
http://www.veetminhaprimeiravez.com.br/marcella-giroldo

Quem vota tb ganha um kit veet!
bjos*

www.marcellagiroldo.com

Anônimo disse...

oie flor queria saber se não poderia postar sua historia no meu blog
se poder mande um email para
twilightandgirl@hotmail.com
espero que deixe.
segue meus blogs tambein
http://asfics.blogspot.com/
http://twilightandgirl.blogspot.com/
http://oblog003.blogspot.com
sua historia é mara
brigada bjsss
agatha

Anônimo disse...

nossa flor adoreii
queria saber se não poderia postar sua historia no meu novo blog.
la so tera historias e amei a sua e queria saber se não poderia postar sua historia lá..
me mande uma resposta pelo email.
twilightandgirl@hotmail.com
bjss e parabens pela historia...

Máry Araújo disse...

mt lindoo.
gosto d leer mt o q vc escreve!
esse então ficou otimo.

- www.mapearfrenteverso.blogspot.com

Frente'Verso'... novo!