sexta-feira, 18 de junho de 2010

Sim, eu gostaria de saber...Capítulo 7

Acordei...mas não abri os olhos, eu ouvia algumas falas vindas de algum lugar e o canto dos passarinhos. Já havia amanhecido.
Eu não sabia onde eu estava, então antes de abri os olhos me mexi, uma coberta flanelada me cobria, eu estava em uma cama de casal, macia, que estralava, eu não estava em meu apartamento.
Passei as mãos por sobre minha roupa, ainda era o pijama de ontem, eu realmente não fazia idéia de onde estava, então, abri os olhos.
Eu estava em um quarto, a cama onde eu estava ficava encostada na parede ao fundo, paralela com a da porta, na parede da esquerda, havia um guarda-roupa, uma pequena porta sanfonada, ao que parecia, a entrada de um pequeno banheiro, na parede da direita, havia uma janela grande, estava fechada, apenas alguns raios de Sol podiam atravessá-la quebrando a escuridão do quarto, na parede do fundo, onde estava concostada a cama de casal, havia dois criados mudos nas laterais da cama, e na parede da frente onde ficava a porta do quarto, havia uma cômoda e um espelho na parede.
Levantei-me, avistei em cima da cômoda, uma mochila, parecia ser minha...
Abri a mochila, que era minha, dentro dela havia uma calça jeans minha, uma camiseta preta simples, também minha, e uma blusa de manga comprida, de zíper, que também era minha. Abri a porta sanfonada, era mesmo um banheiro, me troquei e coloquei meu pijama dentro da mochila. Aindo no banheiro, havia uma escova de dentes ainda na embalagem, uma pasta de dentes e um sabonete em cima da pia, escovei os dentes e lavei o rosto. Soltei meu enorme cabelo ruivo e o penteei com os dedos, peguei uma mecha de cada lado do cabelo na frente e prendi em torno da cabeça, para o cabelo não ficar no rosto.
Ao lado da cama havia o par de tênis que estava vestindo na noite anterior, coloquei-os e abri a porta do quarto, que era a ultima de um corredor longo e estreito com mais três portas.
Caminhei vagarosamente até um cômodo bem iluminado no começo do corredor, era uma sala de jantar com uma mesa de seis cadeiras no centro, coberta por um bem variado café da manhã, minha avó estava sentada junto com um homem, que devia ter uns vinte anos, muito bonito aliás, parecia ser alto, tinha a pele levemente bronseada, os olhos em um casatanho chocolate, cabelos castanhos e ondulados, ele estava agasalhado de cinza e preto, e minha avó vestia agasalhos vermelhos e um cachecol em volta do pescoço preto.
Ao perceberem que eu os estava observando, ambos olharam para mim:
" Bom dia Emanuelle, este é o Michael, ele é um grande amigo da nossa família, é um legítimo."
" Bom dia Vovó, bom dia Sr. Michael."
" Bom dia Srta. Emanuelle, pode me chamar apenas de Michael, sua avó me contou tudo sobre você, sente-se, tome café conosco."
" Obrigada, e cláro, minha avó não perderia a oportunidade de lhe contar sobre mim..." - dei uma olhada para Vovó e ela bebia seu café em uma xícara de porcelana, fingindo não estar entendendo.
Sentei-me e me servi, conversamos algo sobre o clima que estava frio, as notícias do jornal, os capeonatos de Futebol, entre outros assuntos.
" Vovó, eu, costumo caminhar de manhã, eu vou andar pelo parque no centro e logo estarei de volta, com licença."
" Sim, sim, vá fazer sua caminhada matinal."
" Importa-se se eu acompanhá-la? Também gosto de caminhar de manhã" - perguntou-me Michael
" Não, se quiser vir, tudo bem, será até melhor com uma companhia."
Saímos pela porta da sala, estava muito frio, um pouco acima de 5ºC, então sugeri:
" Se você topar, depois da caminhada, podemos parar em uma lanchonete ou padaria, eu costumo fazer isso pra tomar um chocolate quente e relaxar um pouco."
" Cláro, hmm, seria legal."
" Certo...Michael, pode lhe fazer uma pergunta?"
" Cláro, pode dizer."
" O que aconteceu ontem a noite? Como fui parar em sua casa? Pode até parecer engraçado, mas, não me lembro."
Ele baixou a cabeça novamente e deu um sorriso tímido, parecia estar corando.
" O que aconteceu ontem? Depois de você e sua Avó estarem conversando?"
" Sim, eu gostaria de saber..."
" Ok vou lhe contar..."

Um comentário:

Lêeh Araújo disse...

Gente a nova campanha e para ajudar a http://rittydanadinha.blogspot.com/
Ela e nova como muitas de nos , nessa vida blogueira , mais o blog dela é show e eu recomendo ... então entre de uma olhadinha ee se gosta seguii vai custaa nadaa...
HTTP://umquepebranco.blogspot.com eu sigo de vontaa se quizer gente bjus obrigadaa ♥